Escolha uma Página

Uma franquia para quem é apaixonado por música

13 jul, 2022

Apaixonado por música: A School of Rock é a maior rede de escolas de música do mundo e está em crescimento no Brasil.

O rock é mais do que apenas música. Desde que surgiu, nos anos 1950, o gênero tem sido ferramenta de transformação nas mãos de rebeldes e inconformistas. Não à toa, o Dia Mundial do Rock é celebrado em 13 de julho: nessa data, em 1985, foi realizado o Live Aid, evento em prol das vítimas da fome na Etiópia. Ou seja: tanto no palco quanto na plateia, o rock impele à ação e à colaboração.

É essa a atitude que move a School of Rock, rede de ensino de música fundada nos Estados Unidos em 1998. Seu idealizador, Paul Green, desenvolveu um método inovador, com ênfase na performance ao vivo. Com o sucesso, viu sua escola se tornar uma franquia, que hoje tem cerca de 300 unidades em 15 países e atende mais de 50 mil alunos.

No Brasil, a rede chegou em 2013, com quatro escolas. Em 2018, foi criada a School of Rock Brasil, que passou a atuar como master franqueado, oferecendo suporte local a um número crescente de franquias. “Somos o segundo maior mercado para a marca”, aponta Paulo Portela, CEO da empresa. Por aqui, já são 35 unidades e 15 outras em processo de abertura.

Aulas com foco no palco

Além da musicalidade inata do brasileiro e da ausência do ensino musical na grade curricular, o sucesso da franquia no país se deve ao método, focado em prática e performance — e que, segundo o executivo, ajuda a desenvolver outras competências, como socialização, desinibição e autoestima.

A School of Rock oferece módulos divididos por faixa etária e de aprendizado, dos 2 anos à idade adulta. A partir dos 7 anos, os cursos se desdobram em aulas individuais, em grupo e ensaios com banda, em que a turma se prepara para shows regulares, em casas como as paulistanas Bourbon Street e Blue Note.

Dependendo da performance, o aluno pode se juntar à House Band, com os melhores de sua unidade, ou à Allstars, com os melhores do país, e se apresentar em festivais como Rock in Rio ou Lollapalooza e, eventualmente, até em internacionais, como Bonnaroo e Summer Fest, nos EUA.

Planos de expansão no Brasil

Hoje com mais de cinco mil alunos, a School of Rock Brasil tem planos de expansão, que, além do recente lançamento de sua plataforma digital (a School of Rock Play), incluem a meta de 300 unidades físicas até 2032, o que representa uma oportunidade para empreendedores.

O próprio Portela já esteve nessa posição: executivo da IBM por 27 anos, ele decidiu sair em busca de um negócio próprio, descobriu a School of Rock em uma matéria sobre franquias e acabou sendo um dos primeiros a trazê-la para o país, em 2013.

A fim de concretizar seus planos, a empresa prepara a abertura de três escritórios, no Sul, no Centro-Oeste e no Nordeste, para desenvolver o mercado e dar suporte aos franqueados nessas regiões. Isso inclui desde assistência para encontrar o melhor lugar para instalação da nova unidade até um checklist para guiar o franqueado em etapas como construção, infraestrutura, capacitação de pessoal e marketing.

Matéria originalmente publicada na Revista Pequenas Empresas, Grandes Negócios. Leia na íntegra.

Quer saber mais sobre nosso modelo de negócios? Clique aqui e agende uma reunião.

QUER SABER MAIS?

Preencha o formulário clicando no botão abaixo e receba o material completo sobre o modelo de negócios School of Rock. Nosso time de expansão entrará em contato para agendar uma conversa e tirar todas as suas dúvidas.